Coragem

Incrível a forma que todos os seus medos gritam no seu peito, como bombas explodindo a cada pensamento seu. De um momento para o outro, tudo surge, tudo vem, tudo aparece. Os medos de cada coisa, de poucas coisas, de muitas coisas. Medos que te levam a ficar por minutos parado pensando em como fugir disso tudo, de cada pedaço disso que te assombra, te afoga, te sufoca.
Medos que parecem ser maiores que qualquer coisa ou sentimento, maior que qualquer força. E você se isola em um pequeno, minimo possível pedaço de si, para que o resto possa pensar em seguir, livre. Mas não é tão simples assim.
Mas quando você respira, simplesmente fecha os olhos e sente a pequena cocega de uma lagrima percorrer seu rosto, ali, naquele momento você vê que cada medo te faz acreditar mais no que quer, no que sente, e dali, desse assombro nasce algo que nem todos sabem ver, a coragem!

Espera.

As vezes eu tento entender tudo que se passa nas pessoas, é complicado… Parei para pensar e vi que a maior questão da vida é tentar entender a si mesmo.
Sua mente e seu coração, de repente te leva a outro lugar, outros sentimentos, momentos, memórias. E você simplesmente não sabe por que esta ali, daquele jeito e pensando em tudo que isso que bombardeia suas ideias mais que a segunda guerra mundial. Explosões de tudo que se imagina existem dentro de você, te levam a uma esquizofrenia involuntária de cada parte de si, como se fosse inimigos.
E na real disso tudo, fora desse universo que existe dentro de você, a única coisa que existe é você, sentado, com o olhar perdido e uma musica melodicamente romântica em seus ouvidos, esperando apenas um oi chegar como resposta na tela de seu computador.

Dos que.

Dos beijos que já trocamos.
Dos carinhos diários.
Das palavras de amor trocadas.
Dos suspiros.
Dos abraços apertados que poderia nunca ter fim.
Sinto saudade.

Do cheiro da tua pele na manhã.
Do calor do teu corpo sobre o meu.
Da sua mão pegando na minha.
Dos seus olhos encontrando os meus.
Sinto saudade.

E da saudade que vai crescendo.
Conquistando uma espaço no meu ser.
Me fazendo a aprender.
Que temos que crescer.

Te amo, e sei que logo.
Antes mesmo de notarmos
Teremos em nossos braços
O aconchego um do outro.

Soterrado.

Começo olhar para a parede lisa e percebo que cada segunda passa como se levasse horas… Parece que os dias estão passando rápido mas ao mesmo tempo é ao contrario. Fico confuso. A distancia entre nós é imensa, e não é tão simples assim eu pegar um avião e ir te ver, poderia ser, poderia muito, mas não é. Só que hoje essa é minha unica vontade, voar para onde você esta, nem que seja apenas para te olhar dormir, ou simplesmente ouvir sua voz dizendo como você esta. Mas não, me sinto preso, como se estivesse enraizado nesse chão. Notei que ao ficar parado a minha cabeça joga contra, começa a me bombardear de pensamentos, e o que me domina agora é a angustia, a vontade de chorar, e a unica coisa que sei me perguntar é por que isso? Por que estou assim… Sem respostas, minhas, suas, sem resposta qualquer! Me calo e continuo encarando as coisas, levando sabe? Mas a saudade esta se fazendo mais presente que nunca, me soterrando a cada vez que fecho os olhos. 5 meses que você esta em outra terra, e eu, conto os dias passar por que a unica coisa que quero é simplesmente um abraço seu.

Te amo, ❤

Musica.

Passo horas ouvindo musicas e tentando entender como é possível que letras escritas por pessoas que nunca nem imaginaram sua existência possa fazer tanto sentido.
É incrível como letras e melodias dizem tanto do que sinto por você, de tudo que penso… Poderia citar trechos de cada uma dessas musicas invés de escrever textos para você, mas acredito que cada coisa tem sua magia. E elas, as musicas servem para me inspirar.

Vício.

DSC_0776

Eu sei amar você tão bem é como um vício. 

Parado, olho para a parede do meu quarto, sinto como suas mãos acariciam meus cabelos de leve e sua respiração faz cocegas na minha nuca.
Sinto o seu cheiro dominando todo o meu quarto, e o calor de tua pele me aquecendo mais que a coberta jogada por algum canto da cama.
Ouço a sua voz cochichando qualquer palavra, me dizendo algo que não presto muita atenção.

Fico ali, anestesiado nesses sentimento por um tempo,
perco o tempo.
Viro para o lado e você não esta ali, e percebo que tudo aquilo foi minha mente
que esta extremamente viciada em você!

 

Antes de dormir.

Encosto minha cabaça no travesseiro e de repente é como se toda a parte externa do meu corpo se desligasse. Mas por dentro, sinto tudo e tanta coisa… Bagunça minha cabeça e da ate vontade de vomitar, saudade, ansiedade, felicidade… Tudo em uma intensidade tão grande. Tanto tempo se passou sem que eu me desse conta, fiquei deitado imaginando milhões de historias, na minha cabeça fica repetitivamente o som da sua voz narrando as palavras que leio nas mensagens que chegam. E fico assim, por horas, esperado o amenizador disso tudo chegar, tomar conta de mim, e retomar somente quando sentir o sol.

Pensamentos paralelos #1

Cada dia que passa a saudade de você aperta mais, acordo pensando nas milhões de coisas que tenho que fazer naquele dia, na noite passada tinha falado com você, sei que também tem milhões de coisas para fazer, enfiado em livros e aulas, a mais de dois mil km de distância.
Seguimos correndo atrás de tudo que sonhamos, e pouco a pouco crescendo mais. No meio disso tudo eu paro e penso, quando corria atrás dessas coisas com você, as vezes no final da noite, só queria pegar minha moto e terminar nos seus braços, sentindo sua respiração.
Acordei de novo, outro dia, outras coisa… Mas seguimos, juntos!

120 passos aproximadamente.

Levo o som da tua voz colado ao pé do meu ouvido, diariamente, sussurrando palavras de amor,
levo colado no meu corpo o calor do teu, o suave toque da tua pele recém saída da água morna,
levo o gosto dos teus lábios, que aos poucos ganha domínio de toda minha boca,
levo comigo o teu cheiro, encontro ele nos momentos mais puros e verdadeiros,
levo comigo a vontade. de seguir e alcançar essa terra estranha que te faz filho hoje,
levo comigo os sonhos, bagunçando e sacudindo minha cabeça, deixando-a enlouquecer aos poucos,
levo comigo cada memória, os momentos e as palavras que dividimos, tornando-nos assim cúmplices dessa história,
levo comigo os medos, os erros e toda a minha humanidade,
levo comigo a coragem que aprendo aos poucos a ter,
levo comigo o caminho que sigo, passo a passo, onde andei 120 aproximadamente…

Do dia a dia.

“Olho para o céu tentando me acostumar, a voltar pra casa sem você só com o mar… ”

Tudo é tão diferente, como meus dias se moldaram com sua distancia.
Venho aprendendo a lidar com isso aos pouco, um passo de cada vez, com calma.
A maneira que isso nos faz crescer, aprender. Sentir falta de coisas tão, mas tão pequenas, e que fazem tanta importância.
Me sinto feliz por te ver correr atrás dos seus sonhos, vontades. Mas confesso que queria me afogar em seus braços no fim do dia, estar ao seu lado, onde quer que seja.